ACHILLE & PIER CASTIGLIONI

Achille Castiglioni nasceu em Milão em 1918
Pier Giacomo Castiglioni nasceu em 1913
O trabalho em equipe e parceria profissional que saiu do trabalho de Achille Castiglioni e Pier Giacomo Castiglioni deu à luz a chamada equipe de irmãos Castiglioni. Este grupo tornou-se uma das parcerias mais espirituoso, elegante e inovador em design moderno. Os irmãos trabalharam a partir do ponto de vista que o projecto deve reestruturar o processo de um objeto forma, função e produção, e aplicou essa máxima a toda a obra que produziu. Castiglioni descreveu esse processo com estas palavras: “Comece do zero. Mantenha-se no senso comum. Saiba os seus objetivos e meios.”
Durante os anos cinquenta e sessenta, os irmãos Castiglioni produziram um número notável de projetos populares.

Ver artigos
Achille & Pier Castiglioni, designer
Arne Jacobsen, deisgner

ARNE JACOBSEN

Foi um dos mais famosos arquitectos e designers dinamarqueses do séc. XX.
Os seus projectos revelam uma extraordinária combinação entre os ideais do Modernismo e o amor nórdico pelo Naturalismo. Nascido em Copenhaga, 1902 – 1971, foi arquitecto, decorador de interiores, designer de móveis, têxteis e cerâmicas, destacando-se pelo estilo claro e a combinação entre forma e função. Trabalhou com o arquitecto Paul Holsoe e, em 1931, abre o seu próprio estúdio, que dirigiu até à sua morte, em 1971. Em 1951 criou a Ant chair, e em 1955 a Série 7 chair, que se tornaria uma das cadeiras de maior sucesso comercial no mundo e, a Egg chair em 1957. Hoje é um dos grandes ícones do design do séc. XX.

Ver artigos

CHARLES EAMES e RAY EAMES

Charles Eames nasceu em Saint-Louis, EUA – 1907-1978.
Ray Eames nasceu na Califórnia, EUA – 1912-1988.
Charles Eames estudou arquitectura na Washington University. Durante a guerra dedicou-se a uma ampla pesquisa sobre a moldagem de contraplacados, desenvolvendo uma nova técnica que aplicou nas suas peças de mobiliário e até em talas e macas, que desenvolveu para a Marinha dos EUA. Em 1948, ganhou o Competition for Low-Cost Furniture Design, com cadeiras em fibra de vidro moldadas e que podiam ser produzidas em série. Juntamente com a sua mulher, Ray Eames, criou vários móveis para a Herman Miller, na década de 50, como é o exemplo da Lounge Chair de 1956. Um dos ícones do design do séc. XX

Ver artigos
Charles Eames e Ray Eames, designers
Eero Saarinen, designer

EERO SAARINEN

Nasceu na Finlândia – 1910 – 1961
Emigrou para os EUA em 1923, tendo estudado arquitectura na Universidade de Yale. Inicialmente optou pela escultura mais tarde, os seus projectos reflectiram esta primeira escolha. É o exemplo da cadeira e mesa Tulip, cujas linhas são inegavelmente esculturais, elegantes numa combinação única entre função e arte. Saarinen destacou-se pela uso de uma notável paleta de materiais e formas esculturais únicas. O seu estilo tem sido descrito como Internacional e Expressionista. Em 1937, associou-se a Charles Eames, o que os levou ao desenvolvimento de uma série de móveis bastante vanguardistas, premiados várias vezes no MOMA. É hoje considerado um dos mestres da arquitectura americana do século XX.

Ver artigos

FLORENCE KNOLL

Nasceu Saginaw, Michigan, EUA, 1917 – 1991.
Estudou artes na Academia de Cranbrook com o apoio de Eero Saarinen.
Finalizou os seus estudos no Institute of Technology em Chicago, com Mies Van Der Rohe.Em 1943, Florence começou a chefiar o departamento de design e planeamento de interiores da empresa Hans Knoll Furniture Company em NY e direcionou a nova linha de produtos da companhia, de estilo escandinavo, para o estilo internacional. O showroom da empresa era o seu “Laboratório Experimental” e influenciou os seus clientes com ideias e materiais inovadores. Produziu clássicos de Eero Saarinen, Mies Van Der Rohe, Jens Risom, Harry Bertoia, Isamu Noguchi e Marcel Breuer.Em 1961, transformou-se na primeira mulher a receber a Gold Medal for Industrial Design do Instituto Americano dos Arquitectos.

Ver artigos
Florence Knoll, designer
Fredrik Kayser, designer

FREDRIK KAISER

Juntamente com Afdal, Brattrud, Raastad & Relling, foi um dos mais respeitados designers durante o periodo do “Design Escandinavo”.
Desenhou diversas peças de mobiliário para vários dos mais famosos fabricantes de mobiliário noruegueses. Inteligente, funcional, moderno e leve são características que podemo ser aplicadas ao mobiliário desenhado por Kaiser (1887 – 1965).
Mas nelas também se reconhece traços clássicos e o trabalho artesanal envolvido na sua produção demonstram claramente a presença de ideais do design de interiores Dinamarquês. Entre 1952 e 1956 Kaiser trabalhou na Rastad Relling em Oslo. Mais tarde abe o seu próprio estúdio e focou-se essencialmente na criação de mobiliário. Muitos dos seus projectos são hoje ícones do design escandinavo e, Kaiser recebeu um vasto conjunto de prémios de design.

Ver artigos

GEORGE NELSON

Nasceu em Connecticut, EUA – 1908 – 1986
Foi um dos fundadores do modernismo americano juntamente com Charles e Ray Eames.
Estudou arquitetura na universidade de Yale. Em 1932, preparando-se para um concurso em Paris, é premiado em Roma, juntamente com Eliot Noyes, Charles Eames and Walter B. Ford. Através de seus trabalhos, por volta de 1940, começou a chamar a atenção com diversos conceitos totalmente inovadores até então. Uma de suas maiores preocupações estava em interpretar, observar e compor soluções, muitas delas decorrentes das mudanças de hábito das famílias no pós-guerra. Como exemplo disso está o conceito “family room”.
Nelson estabeleceu novos padrões para o envolvimento do design em todas as actividades.

Ver artigos
George Nelson, designer
Hans Jørgen Wegner, designer

HANS J. WEGNER

Nasceu em Tonder, Dinamarca, 1914 – 2007.
Formou-se como marceneiro e tornou-se internacionalmente conhecido pelo seu design de mobiliário. No início da sua carreira trabalhou como designer no estúdio de arquitectura de Arne Jacobsen e Eric Moller. Poucos designers produziram tal variedade de modelos com tão elevada qualidade. Entre os seus projectos, feitos em madeira maciça, destacam-se a Roud Chair (1949), a cadeira Y ou Wishbone (1950), a Chinese Chair (1943), a Peacok Chair (1947),a cadeira Cowhorn (1952), um dos modelos mais abstractos e orgânicos de Wegner, a poltrona Juhl de 1957, e a excepcional poltrona Ox, que foi objecto de um enorme sucesso comercial.Em 1959, recebeu o título de Honorary Royal Designer for Industry da Royal Society of Arts de Londres.

Ver artigos

ISAMU NOGUSHI

Nasceu Los Angeles, Califórnia, EUA 1904 – 1988
Noguchi definiu-se como “um intérprete do Oriente e Ocidente”. Reconhecia ainda a forte inspiração que lhe era concedida pela Natureza, procurando exprimir no seu trabalho a essência da paisagem natural. As suas obras caracterizam-se por formas abstractas, onde combina a subtileza oriental com a sofisticação da arte ocidental. Nas suas criações de mobiliário, regista-se a sua colaboração com a empresa Herman Miller, em 1948, onde se juntou a outro grupo de designers de afamada reputação, como George Nelson e Charles Eames. Algumas das suas peças são hoje reproduzidas e vendidas, como por exemplo o sofá Freeform, o candeeiro de papel Akari e a mesa “Coffee. Várias das suas obras mais ambiciosas foram destinadas a espaços ao ar livre como o Jardim da Paz, sede da Unesco em Paris.

Ver artigos
Isamu Noguchi, designer
Le Corbusier

LE CORBUSIER

Nasceu Chaux-de-Fonds, Suiça, 1887 – 1965.
Foi um pensador, escritor e artista multifacetado, cujas ideias para a reinvenção do modo de viver moderno – desde o design de interiores até edifícios em grande escala para convívio social ainda circulam nos dias de hoje.Membro activo do mundo artístico parisiense e co-fundador do Congrès Internationaux d’Architecture Moderne (CIAM), dedicou todo o seu talento à criação à expressão da Funcionalidade. Criou um novo estilo arquitectónico aliado aos avanços industriais o modernismo minimalista. Pela 1ª vez uma casa é percepcionada como uma machine à habiter. Em 1928, iníciou a criação de peças de mobiliário. A série intitulada “Equipment for Living” incluía a cadeira giratória, a poltrona e a chaise longue, à qual Le Corbusier se referia com uma “máquina relaxante”.

Ver artigos

MIES VAN DER ROHE

Nasceu em Aachen, Alemanha – 1886-1969
É unanimemente considerado, juntamente com Walter Gropius, Le Corbusier e Frank Lloyd Wright, um dos mais importantes arquitectos do Séc.XX, tendo sido um dos principais mentores do Modernismo.
Foi um dos criadores do International Style, no qual deixou a marca de uma arquitectura que prima pela clareza e aparente simplicidade.
A arquitectura levou-o a interessar-se pelo design de mobiliário. É reconhecido como um dos pioneiros na criação de móveis com estrutura de aço tubular, como é o caso da Cadeira Barcelona.
Criada em 1927 e apresentada no Pavilhão Alemão da Feira Internacional de Barcelona, em 1929, é até hoje uma das cadeiras mais apreciadas em todo mundo.

Ver artigos
Mies Van Der Rohe, designer
Sean Dix, designer

SEAN DIX

Nasceu no Kansas (EUA), 1967, mas foi criado nas ilhas Fiji, Micronesia e Filipinas.
Em 2000 abriu o seu 1º estúdio em Milão e, hoje tem estúdio em Hong Kong, onde vive desde 2008. Desenhar cadeiras é a sua paixão, como denota a sua colecção pessoal com mais de 40 exemplares. O que motiva é o processo de produção das peças, como é exemplo disso o móvel “Guilia Credenza” que revela uma reengenharia das portas única. No entanto, não se consegue encontrar nas suas peças nada semelhante a uma assinatura do estilo “Sean Dix”. O único ponto em comum dos seus trabalhos é a ausência de semelhanças – “Acho desnecessário acrescentar pormenores só para que possam dizer – esta é uma peça do Sean Dix.”. Os seus clientes incluem a Moschino, Bluebell, Harrods, Bosco di Ciliegi, Edimass, Fiorucci, Byblos, ArtsGroup, Incanto.

Ver artigos

XAVIER PAUCHARD

Nasceu em Saint-Léger-sous-Beuvray, França – 1880-1948
Artesão visionário, que acabaria por se tornar num empresário bem sucedido. Foi o pioneiro da galvanização em França.
Em 1927 registou a marca Tolix, tornou-se um ícone do design industrial.
Tolix, uma linha de cadeiras, bancos e mesas, inoxidáveis, robustas e empilháveis, durabilidade e leveza inigualável e de fácil manutenção.
Foi com verdadeira legitimidade que Tolix também recebeu em 2006 o rótulo “Viver Heritage Company”, concedido pelo Ministério françês da Economia, e Indústria.
Sua popularidade infalível desde 1934 entrou nas coleções do Vitra Design Museum, o MoMA e do Centro Pompidou.

Ver artigos
Xavier Pauchard, designer